Being and Being Bought: Prostitution, Surrogacy and the Split Self

Saber mais

Baseado na realidade da violência e abuso inerentes à prostituição – e recuperando da morte de uma amiga devida à prostituição em Espanha –, Kajsa Ekis Ekman expõe as várias mentiras do chamado “trabalho sexual”.

Os sindicatos não são sindicatos. Os grupos para mulheres na prostituição são também grupos para os donos dos bordéis. E a prostituição é sempre apresentada através da perspectiva da mulher. Os homens que compram sexo são deixados de fora.

Leave a Comment