#SayNoToProstitution

Guilherme C., 21 anos, Lisboa

Só através da criminalização dos compradores de sexo e através da elaboração de programas de saída se pode começar a (re)construir uma mentalidade coletiva assente na dignidade humana.

#SayNoToProstitution

À conversa com Joana L., 23 anos

A prostituição é crime, é intrinsecamente abusiva, é uma consequência da desigualdade feminina e não há como torná-la segura, por isso, acredito que abolir o sistema da prostituição é urgente e fundamental.

#SayNoToProstitution

À conversa com Lara C., 23 anos

O sistema de prostituição é altamente nocivo. Para além de expor as mulheres a diversos tipos de violência, aumenta a escalabilidade de problemas como exploração sexual e tráfico.

#SayNoToProstitution

À conversa com Filipa M., 23 anos

O que pensas quando se fala em prostituição? Achas que seria melhor combater o sistema através de políticas abolicionistas ou regulamentar como uma atividade profissional? Quando se fala em prostituição penso em exploração porque o corpo não tem preço. Com que critério é que se põe um valor X a uma pessoa e Y a … Ler mais

#SayNoToProstitution

À conversa com Francisca C., 23 anos

O que pensas quando se fala em prostituição? Achas que seria melhor combater o sistema através de políticas abolicionistas ou regulamentar como uma atividade profissional? Ao falar de prostituição, tenho sempre de ter em mente alguns conceitos fulcrais: respeito (pessoa e a sua história), o corpo (físico e psicológico) e, para além disto, é importante … Ler mais

Degradas

Porque contribuis para a total degradação da pessoa e dos seus mais elementares direitos humanos.

Humilhas

Porque humilhas um ser humano e lhe retiras qualquer dignidade ou amor próprio.

Cúmplice

Porque és cúmplice de uma rede global de tráfico humano para exploração sexual.